sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Viver bem

Viver bem não é, necessariamente, ter riquezas materiais, conforto e segurança, mas conseguir, apesar de toda contrariedade, tirar uma lição de cada experiência negativa e superar os traumas diários, transformando-os em motivação e sabedoria para viver melhor, reconhecendo tudo de bom que Deus nos oferece através da dádiva que é viver!

Vamos trocar experiências e aprendizados de vida, mas também compartilhar dores e alegrias através da amizade, diminuindo assim as consequências negativas das frustrações e aumentando a esperança em dias melhores, com mais amor a Deus e ao próximo, mas também a si mesmo, para uma vida mais saudável e plena de alegrias e momentos bons!

Que Deus te abençoe e te guarde e te dê a paz que está em Jesus Cristo!

quarta-feira, 30 de março de 2016

Você é mesmo contra a corrupção?

De onde vem a corrupção? Tá reclamando do Lula? Do Serra?
Do Fernando Henrique?
Do Aécio?
Do Cunha?
Da Dilma?
Do Arrruda?
Do Sarney?
Do Collor?
Do Renan?
Do Palocci?
Do Delubio?
Da Roseanne Sarney?
Dos politicos distritais de Brasilia?
Do Jucá?
Do Kassab?
Dos mais 300 picaretas do Congresso?

Corrupto Reclama de Quê?

O corrupto é assim:

1. - Saqueia cargas de veículos acidentados nas estradas.

2. - Estaciona nas calçadas, muitas vezes debaixo de placas proibitivas, obstruindo a passagem de pedestres.

3. - Suborna ou tenta subornar quando é pego cometendo infração.

4. - Troca voto por qualquer coisa: areia, cimento, tijolo, e até dentadura.

5. - Fala no celular enquanto dirige.

6. - Trafega pela direita nos acostamentos num congestionamento.

7. - Pára em filas duplas, triplas em frente às escolas.

8. - Viola a lei do silêncio.

9. - Dirige após consumir bebida alcoólica.

10. - Fura filas nos bancos ou em qualquer lugar, utilizando-se das mais esfarrapadas desculpas.

11. - Espalha mesas, churrasqueira nas calçadas, ou material de construção, bloqueando a passagem de pedestres.

12. - Pega atestados médicos sem estar doente, só para faltar ao trabalho.

13. - Faz  " gato "  de luz, de água e de tv a cabo.

14. - Registra imóveis no cartório num valor abaixo do comprado, muitas vezes irrisórios, só para pagar menos impostos.

15. - Compra recibo para abater na declaração do imposto de renda para pagar menos imposto.

16. - Muda a cor da pele para ingressar na universidade através do sistema de cotas.

17. - Quando viaja a serviço pela empresa, se o almoço custou 10 pede nota fiscal de 20.

18. - Comercializa objetos doados nessas campanhas de catástrofes.

19. - Estaciona em vagas exclusivas para deficientes.

20. - Adultera o velocímetro do carro para vendê-lo como se fosse pouco rodado.

21. - Compra produtos pirata com a plena consciência de que são piratas, talvez sem refletir que seu dinheiro também pode ser usado no tráfico de drogas e outros crimes.

22. - Não usa o cinto de segurança ou o capacete (e olha que servem para sua própria segurança e proteção).

23. - Diminui a idade do filho para que este passe por baixo da roleta do ônibus, sem pagar passagem.

24. - Emplaca o carro fora do seu domicílio para pagar menos IPVA.

25. - Freqüenta os caça-níqueis e faz uma fezinha no jogo de bicho.

26. - Leva das empresas onde trabalha, pequenos objetos como clipes, envelopes, canetas, lápis... Como se isso não fosse furto.

27. - Comercializa o vale-transporte, o bilhete único, o vale-refeição que recebe das empresas onde trabalha.

28. - Falsifica tudo, tudo mesmo... Só não falsifica aquilo que ainda não foi inventado.

29. - Quando volta do exterior, nunca diz a verdade quando o fiscal aduaneiro pergunta o que traz na bagagem.

30. - Quando encontra algum objeto perdido, na maioria das vezes não devolve.

E quer que os políticos sejam honestos...

Escandaliza-se com a farra das passagens aéreas...

Esses políticos que aí estão saíram do meio desse mesmo povo ou não?

Reclama  de quê, afinal?

E é a mais pura verdade, isso que é o pior! Então sugiro adotarmos uma mudança de comportamento, começando por nós mesmos, onde for necessário!

Vamos dar o bom exemplo!

Espalhe essa ideia!

"Fala-se tanto da necessidade de deixar um planeta melhor para os nossos filhos e esquece-se da urgência de deixarmos filhos melhores, (educados, honestos, dignos, éticos, responsáveis) para o nosso planeta, através dos nossos exemplos..."
Se você tem um pouco de consciência, repasse essa reflexão para outras pensarem. Que tal você pensar nisso também?

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

15 DE OUTUBRO — DIA DO PROFESSOR

Parabéns para mim também! (Ainda não concluído, mas já praticante)

Não importa se não somos valorizados como merecemos, considerados como gostaríamos, ou reconhecidos como deveríamos ser!

O que importa, de fato, é ter a consciência de nossa contribuição para a educação da sociedade, ajudando a levar pessoas à reflexão e ao pensamento, para que assim possam pensar por si mesmas.

Professor (a)? Mestre (a)? Tio (a)?

Fica a critério de cada um, pois o que vale é a vocação cumprida, apesar dos conflitos e dificuldades que são inerentes à profissão e ao chamado.

Que Deus abençoe a todos os Professores!

Lembro daqueles que fazem parte de minhas memórias e vida, porque contribuíram de alguma forma para que eu me tornasse quem eu sou.

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

PEDIDO DE AJUDA

Uma amiga de Belo Horizonte, Minas Gerais, precisa de ajuda, pois está passando por dificuldades financeiras, e tem um filho pequeno para cuidar. Caso alguém queira colaborar, entre em contato pelos números:

0 15 (21) 99655-8051 (Vivo) e WhatsApp
0 41 (21) 98662-8506 (TIM)
0 21 (21) 99183-3155 (Claro)
0 31 (21) 98611-1848 (Oi)
0 21 (21) 3165-4788 (Fixo)

Assim, informarei os dados pessoais dela para que possam fazer alguma doação através de depósito ou transferência bancária.

A situação dela é crítica, pois a família não está por perto. Ela está desempregada, sem trabalho, sem nenhuma fonte de renda, correndo o risco de ter que sair da casa, que é alugada. Ela não tem recebido o apoio necessário por parte das pessoas que estão mais próximas. É uma situação delicada, até mesmo humilhante, e não tem recebido sequer ajuda do pai de seu filho, tendo até a ameaça de perder a guarda da criança.

Assim que ela resolver a situação, que é urgente, eu comunico, para que ninguém mais se preocupe.

Imagine, poderia ser qualquer um de nós, ou algum familiar, amigo ou conhecido.

Toda e qualquer ajuda é válida!

Muitos doam para campanhas como LBV, CRIANÇA ESPERANÇA e TELETON, mas às vezes, quando alguém próximo pede ajuda, não há sensibilidade.

Não desejo que ninguém passe por isso. Se você tem condições de ajudar, seja com pouco, faça, e se algum dia precisar, sei que também receberá auxílio.

Que ninguém precise de um socorro desse tipo, mas, caso precisem, que consigam ajuda.

Pense nisso:

Quem, pois, tiver bens do mundo, e, vendo o seu irmão necessitando, lhe fechar o seu coração, como permanece nele o amor de Deus? Filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obras e em verdade. (1 João 3:17,18)

Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras, e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus. (Mateus 5:16)

E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido. Então, enquanto temos oportunidade, façamos bem a todos, mas principalmente aos domésticos da fé. (Gálatas 6;9,10)

Agradeço pela atenção!

Atenciosamente,

Leandro Maia Gonçalves,

07/10/2015. (Atualizado)

COMPARTILHEM ESTE APELO, E QUE DEUS OS ABENÇOE!

domingo, 4 de outubro de 2015

Sobre questões de fé

  • Depois de muita reflexão, digo que, na verdade, tudo pode ser uma questão de fé. A fé anda junto com a razão, é preciso crer para compreender, e não o contrário.
  • Mesmo depois de muita pesquisa e estudo, as pessoas acreditam em algumas coisas, mas rejeitam outras tantas. Não se pode associar a fé com o nível intelectual da pessoa. O que é óbvio para uns, não é para outros.
  • A ciência não tem a função de explicar ou provar nenhuma crença. E a religião não se propõe a comprovar cientificamente seus fundamentos.
  • Não devemos julgar a inteligência de alguém, se baseando em sua religião.
  • A fé verdadeira é racional, mas individual. A fé que não tem seus argumentos com base em fundamentos, na verdade, não é fé, mas fideísmo, pois este se explica com base apenas em tradições impostas, sem questionamentos.
  • O Evangelho é tanto prático quanto espiritual e pessoal. Assim como a ciência é incapaz de encontrar respostas para tudo, o Evangelho não se propõe a satisfazer a todos os nossos anseios e desejos.
  • Cada um tem sua fé, e deve respeitar a fé do próximo. Ao mesmo tempo, cada um tem o direito de pregar sua mensagem, desde que seja com respeito. Ninguém é melhor que ninguém. Somos diferentes e livres para expressar nossas opiniões.
  • Viver em harmonia não significa aceitar e concordar com a opinião do outro, mas saber ouvir, da mesma maneira que deseja ser ouvido.
  • Apenas reflexões...

sábado, 19 de setembro de 2015

Bolsa Família e os Vagabundos (Texto de Paulo Adonai)


Bolsa Família é para vagabundos é a frase que eu ouço quando defendo o Bolsa Família. A frase já virou um bordão.

A mulher ou o cara é vagabundo e pega o Bolsa Família?

Lamento por essa gente. Lamento porque se essas pessoas tivesse tido um incentivo para estudar como o Bolsa Família dá, provavelmente hoje seriam pessoas melhores. Se quando criança houvesse um presidente como Lula e Dilma Rousseff, que peitassem as elites para dá pelo menos o mínimo aos pobres, hoje, provavelmente, não seriam chamados de vagabundos.

Infelizmente, para muitos desses não há mais salvação, morrerão vagabundos. Mas para seus filhos há salvação. Podem beber, fumar, cheirar o dinheiro do BF, mas se quiserem continuar a ganhar fácil terão que manter seus filhos na escola. Na escola, essas crianças terão mais oportunidades e muitas poderão ser diferentes de seus pais vagabundos. Mudamos o futuro dessas crianças, mudamos o futuro do Brasil. VIVA O BOLSA FAMÍLIA!

Meus amigos, assim como tem gente se aproveitando de programas como o seguro desemprego, auxilio doenças e até de trabalhos de caridade, há também pessoas se aproveitando do Bolsa Família. Mas o que vamos fazer? Vamos acabar com essas atividades por causa de alguns? Pagará o justo pelo pecador?
Existem canais de denuncia, se vc conhece algum caso de uso indevido do Bolsa Família denuncie ou cale-se. Não difame a maioria honesta que se beneficia do programa.

(Texto de Paulo Adonai)

Quem não é corrupto?

Antes de ser militante ou filiado, sou pela democracia e em favor do Brasil. Reconheço que apesar das dificuldades, é o melhor governo possível, já que estamos no Brasil, e há certa cultura do "jeitinho" e da corrupção generalizada que, obviamente, também alcança os níveis federais, sem generalizar. Começa no "gato" de luz, na pirataria e na falsificação de cada esquina, passando pela "molhada de mão" do guarda, para liberar o motorista irregular, na compra ou troca de favores para amigos e parentes que ocorre em todo canto, no desvio e roubo de produtos por parte de funcionários públicos ou de empresas, e chegando, é claro, também nas altas esferas do poder. Não sou santo, não estou julgando a ninguém, também sou passível de erros, mas se trata de uma questão de caráter, de princípios, valores e de comportamento que, independe de classe social, status, posição ou hierarquia, cor da pele, religião, gênero, partido ou ideologia.

Disputa presidencial de 2018 já começou!

Já que a campanha de 2018 foi antecipada...
Lamentável que apelem tanto para o sensacionalismo e desinformação, na tentativa de induzir e manipular o povo a se voltar contra um partido ou governo, generalizando, usando boataria, meias verdades e até mentiras a respeito de pessoas e de instituições.
É uma disputa pelo poder, pelo simples poder, pois se estivessem no governo, muitos dos opositores fariam muito pior, porque nunca fizeram uma administração voltada para atender as necessidades da maior parcela da população. Pelo contrário, antes, as denúncias eram arquivadas ou simplesmente abafadas, sem tanto alarde da imprensa.
Muitos dos erros cometidos não foram por irresponsabilidade, mas por questões de apostas que se fazem e que nem sempre se concretizam. Não há como se prever o futuro!
Parte do desequilíbrio no orçamento se deu pelo fato de se gastar muito com programas que beneficiam os mais pobres, sempre esquecidos em governos anteriores, e parte foi por abrir mão de impostos, na tentativa de proporcionar uma melhor qualidade de vida a muitos, que puderam finalmente comprar produtos e bens de consumo, alavancando as vendas, o que aqueceu o mercado, movimentou a indústria e o comércio, trazendo crescimento econômico, gerando emprego, renda e elevando o padrão de vida de muitos.
Além disso, muito se avançou em inúmeras áreas. Mas agora, em uma fase de maiores dificuldades, com redução natural do consumo, o que leva à diminuição da venda, da produção, o que leva ao aumento da desocupação. Fatores de mercado, de oferta e procura, além de questões diversas, como climáticas, especulativas do mercado financeiro, fatores externos de um mundo globalizado, etc
Saibam que Fernando Collor de Mello foi usado como bode expiatório, julgado e massacrado politica,mente, e no entanto, absolvido das acusações infundadas que a mídia tanto propagou!
Não é o caso de negar problemas ou não assumir os erros, mas é necessário combater a tentativa de golpe, trazendo à tona fatos que já foram esquecidos, e esclarecendo questões que muitos desconhecem.
O texto acima é de minha autoria. Pode conter imprecisões, falhas, ausência de detalhes, de referências, pode conter certo nível de envolvimento emocional, etc. Porém, não é fruto de manipulação ou de indução, é pensamento próprio, é fruto de experiência pessoal, de interesse pelo tema, de percepção de erros e de acertos do governo, pois também sou cidadão brasileiro e utilizo serviços públicos e privados, pagando impostos e buscando por meus direitos, sabendo que também devo cumprir com minhas obrigações cívicas. Sou militante, sim. Mas procuro ser coerente e racional, embora acabe às vezes me exaltando, pelo fato de ver tanto compartilhamento de ideias dos outros, feito por pessoas que são facilmente contaminadas pelo vírus do pessimismo e do julga,mento precipitado e superficial, o que normalmente conduz ao erro, ao exagero e à desinformação.

sábado, 5 de setembro de 2015

Opinião Transparente Sobre Educação

Comentário genérico sobre educação, enfatizando que, a despeito de toda a complexidade do tema, seja por questões políticas, econômicas ou sociais, a diferença entre o sucesso ou fracasso na vida escolar e acadêmica dependem, primeiramente, da opção, escolha e dedicação de cada um, segundo a vocação e a inclinação para uma vida dedicada aos estudos.

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Opinião Transparente Sobre a Saúde

Uma breve análise crítica sobre questões relacionadas à saúde, como responsabilidades individuais e coletivas, tanto do cidadão comum, do servidor público ou profissional da área, quanto do do Estado e empresários do setor.